CAMPANHA DA FRATERNIDADE 1968

Este cenário convida à construção do bem comum que só é possível em comunidade mediante o serviço e o respeito aos pobres. Atualizavam-se assim as recomendações de São Tiago (2,14). “Se alguém diz que tem fé, mas não tem obras, de que adiantaria isso? Por acaso a fé pode salvá-lo?”. Essa mensagem que ecoou na Igreja do Brasil num dos anos mais duros da repressão militar, também contribuiu para que os participantes da Conferência episcopal ocorrida na cidade de Medellin, na Colômbia, proclamassem a opção da Igreja pelos pobres. Grande testemunho da Igreja na América Latina! Que convicção assumir a voz do Cristo “Felizes de vocês os pobres, porque o Reino de Deus lhes pertence (Lc 6,20).