CAMPANHA DA FRATERNIDADE 1996

O objetivo geral:

Contribuir para a formação política dos cristãos para que exerçam sua cidadania sendo sujeitos da construção de uma sociedade justa e solidária.

 

Carta de Sua Santidade o Papa João Paulo II

Caríssimos Irmãos e Irmãs do Brasil:

Levai os fardos uns dos outros, e assim cumprireis a lei de Cristo” (Gl 6, 2).

Com estas palavras de São Paulo, gostaria de enviar a vocês que me escutam pela Rádio ou pela Televisão, uma palavra amiga de Pastor, em união de intenções, agora que a Igreja que está no Brasil inicia hoje, Quarta-Feira de Cinzas, mais uma Campanha da Fraternidade, sob o lema FRATERNIDADE E POLÍTICA, Justiça e Paz se abraçarão. Peço a Deus Nosso Senhor que conceda abundantes luzes da Santa Cruz, para que a Quaresma sirva de reflexão e de estímulo a uma verdadeira conversão dos corações a Deus e aos irmãos, tornando o Mandamento da Caridade como imperativo de vida para uma aurora de paz e de justiça.

Vivei como irmãos e irmãs, deixando-se conduzir pelo Espírito de Deus, rompendo com as cadeias do pecado e do egoísmo. Peço ao Todo-Poderoso que esta Campanha sirva como forte apelo a uma mudança pessoal e profunda de todos os cidadãos, a fim de que cada qual, vencendo o isolamento e o individualismo, saiba ser solidário com os demais: assuma o compromisso de empenhar-se, em espírito de autêntico serviço à Comunidade, na construção de uma sociedade justa e fraterna segundo seus dons e suas responsabilidades.

No vosso País, possuído de inegáveis valores, aberto à solidariedade e ao mútuo respeito, existe, às vezes, certa crise de confiança nas Instituições. É preciso reagir, baseando-se nos valores da honestidade, da retidão, e da dedicação generosa ao bem-estar da Comunidade. O que deve estar à frente, hoje, a todos os que procuram o verdadeiro bem estar da Nação é, por conseguinte, contribuir para que se consolide o entendimento entre cidadãos e Instituições.

São estes os votos do Papa! Votos de paz e de concórdia em Cristo ressuscitado, o único que pode, realmente, trazer a verdadeira Paz; votos do Papa que de Roma abraça a todos vocês e vos abençoa,

em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém!