Campanhas - CNBB

Campanha da Fraternidade 2020

Viu, sentiu compaixão e cuidou dele” (Lc 10,33-34)

Abertura da Campanha da Fraternidade em Vitória – ES

Cada um é chamado a ser o Bom Samaritano

No 1º Domingo da Quaresma, tradicionalmente a Arquidiocese de Vitória do Espírito Santo faz a Abertura da Campanha da Fraternidade.

A partir da simbologia da ‘Igreja em Saída’, proposta pelo Papa Francisco, os fiéis reuniram-se na Catedral e a porta principal foi aberta quando o arcebispo, dom Dario Campos deu início à caminhada.
Durante o percurso aconteceram quatro momentos de reflexão a partir da proposta da Campanha: Viu, sentiu compaixão e cuidou dele.

No 1º dom Dario explicou 3 frases do Evangelho: a) quem é o meu próximo. b) viu, sentiu compaixão e cuidou dele. c) vai e faz o mesmo. Esta etapa foi concluída com o convite a olhar o morro próximo e rezar pelas pessoas que vivem ali e outros semelhantes que vivem na pobreza e são vítimas de preconceitos e falta de políticas públicas.

Na 2ª foram lembradas as pessoas em situação de rua, com fome, desempregados vítimas por falta de saúde pública. Nesta etapa cartazes e a imagem de pe. Júlio Lancelotti ajudaram na compreensão da necessidade de lutar por direitos para todos.

A 3ª aconteceu em frente ao Palácio do Governo e foram lembradas especificamente as mortes acontecidas durante a greve da Polícia Militar em 2017. O pedido é de que o Governo reconheça a culpa e decrete, mesmo tardiamente, luto oficial.

Na 4ª com imagens fortes desenhadas no chão mostrando roupa e calçado de mulheres vítimas da violência e do machismo e também outras vítimas de homofobia, racismo e intolerância religiosa foram expressas com frases, nomes e símbolos espalhados na Praça.

No 5º momento o grito foi contra os crimes ambientais simbolizados na rede de pesca que nos remeteu às consequências com que lidam as populações que viviam do Rio Doce, assim como a contaminação da água e da terra. A rede foi estendida e puxada por quem conseguiu se aproximar.

Ao término da caminha, na Praça Getúlio Vargas, crianças de projetos sociais e da Pastoral da Criança acolheram os caminhantes e fizeram uma apresentação de capoeira.

Após duas horas caminhando pelas ruas do Centro da Cidade de Vitória, o Arcebispo deu a bênção e fez o apelo: “cada um aqui é chamado a ser o Bom Samaritano”.

 

Edições CNBB

CNBB - Conferência Nacional dos Bispos do Brasil

SE/Sul Quadra 801 Conjunto “B” - 70200-014 - BRASÍLIA – DF
Fone: (61) 2103-8300 - Fax: (61) 2103-8303